Pedágio nas terras tucanas

Amigos,

Por questões de trabalho, usei a Rodovia dos  Imigrantes neste final de semana e hoje.

400 Km rodados nos dois dias (São Paulo/Mongaguá)…

Fiz umas contas simples: Custo do pedágio, custo do combustível e anotei.

Fiz o mesmo com o percurso São Paulo/Curitiba.

Veja o que achei:

400 km rodados pela Imigrantes (duas idas e duas voltas): Custo Total: R$ 137,94

400 Km rodados pela Régis Bittencourt (ida para Curitiba): Custo Total: R$ 88,08

Como pode rodar 400 Km em duas estradas, e numa o custo é muito superior a outra?

Como pode ser possível gastar R$ 49,86 a mais no sistema ECOVIAS (Imigrantes e Padre Manoel da Nóbrega), que na Régis?

A duas estradas são pedagiadas…

As distâncias percorridas foram as mesmas…

O custo do combustível foi o mesmo… (etanol, a R$ 1,88 o litro)

O consumo também igual (na média de 10Km/L)…

Qual a diferença dos custos?

É simples, a Rodovia dos Imigrantes faz parte do sistema ECOVIAS e o pedágio para descer a Serra fica em  “apenas” R$ 20,10.

A rodovia dos Imigrantes é uma concessão dos Governos Tucanos ao setor privado…

E aí, fica tudinho explicado…

Só uma coisa não tem explicação… Como não sai uma CPI dos Pedágios na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo?

Quer fazer cálculos de custos de sua próxima viagem?

Clique: http://pedagiometro.com.br/