Um presente para o Santos FC, em seu aniversário

O almanaque do Santos FC, permitindo revisões históricas do futebol Paulista

Amigos,

Ontem o maior time de todos os tempos completou mais um ano de fundação.

São 101 anos de futebol-arte, gols, dribles e fair play.

Alguns não valorizam essas qualidades, são aqueles que gostam do 1×0 sofrido, do carrinho, do zagueiro que “chega junto”, do volante brucutu e do centro avante “trombador” .

Ao longo da história do alvinegro, a principal marca tem sido os gols…

Muitos gols…

Milhares de gols…

O ataque mais eficiente do planeta com seus quase 12.000 gols!

Ataque de artilheiros como Feitiço, Araken, Arnaldo Silveira, Ary Patuska, Vasconcelos, Toninho Guerreiro, Coutinho, Pepe, Juary, Serginho Chulapa, Guga, Paulinho McLaren, Giovanni, Robinho, Neymar e Pelé!

E como homenagear estes craques… como homenagear essa vocação artística do Santos FC?

Fazendo justiça histórica.

E na busca da justiça histórica, alguns santistas como Leo Devezas, Evaldo Rodrigues  e Wesley Miranda, munidos do almanaque do Santos  FC, resgataram os artillheiros do Santos FC nos anos 20.

Evaldo Rodrigues e Wesley Miranda fizeram correções importantes na história dos artilheiros do futebol Paulista.

É fato consensual, que Araken foi artilheiro do Campeonato Paulista de 1927 com 31 gols…

Pois bem…

Os dois pesquisadores do Santos FC refizeram as contas e anotaram 36 gols para o craque Araken Patuska!

E mesmo fizeram em relação ao ano de 1929.

É aceito por todos, que o artilheiro daquele ano no Campeonato Paulista foi Feitiço com 12 gols.

Era aceito… uma vez que os dois insistentes pesquisadores recontaram 13 gols para o artilheiro Feitiço.

E, talvez a descoberta mais significativa foi do pesquiador Leo Devesas, e confirmado por mais 4 pesquisadores (Wesley Miranda, Evaldo Rodrigues, Guilherme Nascimento e Marcos Nascimento) : o artilheiro do Campeonato Paulista de 1926 não foi Heitor com 13 ou 18 gols (como algumas listas chegam a publicar), mas sim o santista ARAKEN PATUSKA com 13 gols!

Assim, no aniversário do Santos FC, uma descoberta de valor histórico…

Temos o artilheiro em mais uma edição do Campeonato Paulista!

Que a Federação Paulista de Futebol se posicione e reconheça a conquista de Araken!

Que a mídia esportiva renda-se (mais uma vez) ao reconhecimento deste grande fato.

E que o Santos FC continue em sua tradição de reconhecimento dos feitos do passado e preste mais uma homenagem aos familiares do craque.

Parabéns Leo Devezas, Evaldo e Wesley por resgatar o valor dos atacante santistas.

Araken Patuska, artilheiro do Campeonato Paulista de 1926.

Comments Closed

4 opiniões sobre “Um presente para o Santos FC, em seu aniversário”

  1. A quem possa interessar mais uma informação …
    No RSSSF BRAZIL Russinho (DF) aparece como o artilheiro do campeonato brasileiro de 1929 com 12 gols, esta informação veio do Anuário Esportivo de 1946 de “Amaro Junior”, entretanto na verdade Russinho fez 11 gols. De qualquer forma Feitiço (SP) [SFC] fez 13 gols sendo portanto o real artilheiro do brasileirão da época que era disputado por seleções estaduais.
    Em 1927 Feitiço e Araken formavam realmente uma dupla infernal por cinco vezes alcançaram a marca dos 10 gols no campeonato paulista naquele foram convocados para ver se conseguiam repetir a façanha na seleção paulista que disputava o campeonato brasileiro eis o resultado:
    12/10/1927
    SÃO PAULO 13-1 MARANHÃO
    Local: São Januário, Rio de Janeiro (DF)
    Juiz: Homero Mesquita (AMEA-DF)
    Gols: Feitiço 15’, Araken 17’, Evangelista 19’, Feitiço 21’, Araken 43’, Araken 45’; (6×0 1ºT) Heitor 47’, Feitiço 52’, Clarindo 53’(penal), Araken 57’, Araken 62’, (Heitor 70’ anulado), Tedesco 78’, Feitiço 81’, Evangelista 87’,
    SP: Tuffy; Bianco, David; Pepe, Vanni, Serafim; Tedesco, Heitor, Feitiço, Araken e Evangelista.
    MA: Dico; Negreiros, Neophilo; Mourão, Bae, Picoly; Guilhon, Clarindo, Zezico, Guimarães e Severino.
    NOTA: 5 gols de Araken e 4 de Feitiço.

  2. Parabens pela descoberta aos pesquisadores, além dos 13 gols anotados Araken teve dois gols anulados neste jogo:
    08/08/1926 (277)
    CA Ypiranga 2×5 Santos FC
    Local: Parque da Antártica Paulista – São Paulo (SP)
    CAMPEONATO PAULISTA 1926
    Árbitro: João da Silva (SCCP)
    Gols: Camarão 10’ (o juiz anulou e validou em seguida), Armando (penal), Mathias (cabeça), Siriri (1ºT) Araken (anulado), Araken, Araken (anulado), Abel, Siriri (2º)
    CAY: Kuntz; Armando e Zacca; Japones, Eugênio e Chico; Paulo, Mathias, Miguel, José e Salvador
    SFC: Ballio; Bilú e David; Hugo, Batista e Américo; Omar, Camarão, Siriri, Araken e Abel.

    PS: A FPF tambem errou no artilheiro do campeonato paulista LPF de 1916 onde aparece Apparicio (SCCP) com 7 gols, na verdade foi Alencar (SCA) com 8 gols e só conferir as fichas técnicas do livro “OS CAMINHOS DA BOLA” vol. I de Rubens Ribeiro (FPF).

  3. Realmente um presentão! A verdade é que Heitor Domingues fez 11 gols no Paulista de 1926 enquanto o nosso grande Araken fez 13 gols. Cabe agora ao nosso Santos cobrar uma correção histórica da Federação Paulista reconhecendo mais este recorde ao nosso glorioso alvinegro.
    A verdade é que Araken fez 36 gols no campeonato de 1927 (sendo um já no ano de 1928), além de 13 gols em amistosos e 6 gols no campeonato extra pelo qual o Santos disputou 2 partidas e depois desistiu da disputa, num total impressionante de 54 gols em 25 partidas no ano de 1927, Recorde Brasileiro de gols marcados em um ano no Amadorismo por um só jogador.
    É bom ficar claro que neste mesmo ano Feitiço marcou 50 gols em 22 partidas(2,27gols/jogo), e o Peixe conquistou outro recorde brasileiro. Único clube brasileiro a possuir dois jogadores a marcar mais de 50 gols em um só ano no Amadorismo.

    Abraços Antonio Neto

Os comentários estão encerrados.