O debate de ontem na Globo

Amigos,

Vi o debate na Globo, ontem.

Chato.

Amarrado, preso, ensaiado. Discurso de horário eleitoral.

Mesmo assim, foi possível perceber algumas boas diferenças entre as duas candidaturas.

Com o equilíbrio previsível, Dilma sai-se bem em vários momentos. Ao falar sobre o Bolsa-Família, deu uma resposta fulminante: “Quem cuida de pobre em São Paulo, é o Governo Federal”. Também foi bem ao falar sobre Educação – professor não se trata a cassetetes – e sobre incentivos ao pequeno e médio empreendedor.

Serra foi o discurso da sáude, porém muito superficial… bom ator, tentava passar segurança, em alguns momentos conseguiu. Mas, não passou conteúdo. Mesmo falando para indecisos, manteve o costume de quando lhe perguntam sobre um assunto, ele desvia para outro. Fez isso quando perguntado sobre política social e na questão sobre como aliviar a folha de pagamento de uma pequena empresa.

Um momento interessante do debate ocorreu quando houve um pequeno problema com o cronômetro, durante a intervenção de Dilma. O apresentador, William Bonner, chegou a pedir desculpas à candidata. Dilma, elegante e desconcertantemente disse que não fora prejudicada pelo apresentador, e sim pelo relógio, demonstrando presença de espírito e bom humor.

No final, o nítido favorecimento à Serra devido ao enquadramento de imagens feito pela Globo. Close em Serra… em Dilma, plano geral.

Porém, enquadramentos não vencem debates, muito menos eleições.

Mais 24 horas e teremos o início da votação. A margem de possibilidades de alguma virada é cada vez mais escassa.

A campanha mais suja que acompanhei esta terminando.

Esperamos que não haja nenhuma armação de última hora.