Arquivo da categoria: Geral

Cosmos

Amigos,

As noites de julho podem reservar momentos bem agradáveis.

Como por exemplo, acompanhar a série “Cosmos – A spacetime odyssey”, narrado pelo astro físico Neil deGrasse Tyson.

 

Bem, quem espera um “repeteco” de Cosmos, de Carl Sagan deve estranhar no início, pois não é.

É difícil afirmar se é melhor ou não… diria que as duas séries são complementares. Logicamente o visual da série de 2014 é muito superior. Mas, a narrativa é surpreendentemente tão boa quanto a de 1980… claro, sem o mesmo  impacto da lógica desconcertante (algumas vezes) de Carl Sagan. As referências à série de 1980 estão presentes em diversas cenas, o que torna a obra uma continuidade natural do excelente roteiro original.

 

Cosmos é uma série para todas as idades, para todos os níveis de instrução…

 

Segue abaixo a música tema da série de 1980, composto por Vangelis, “haven & hell”

Em defesa do Iamspe

Amigos,

O atendimento médico pelo Iamspe ao funcionalismo público na baixada santista e em todo o estado de São Paulo vem ficando cada vez pior.

Demora no atendimento, clínicas e hospitais não renovando credenciamento, falta de verbas.

Esta na hora de mostrarmos que não estamos satisfeitos.

Esta na hora do Governo do Estado contribuir com sua parte no orçamento do Iamspe, esta na hora dele colocar os mesmos  2% que contribuímos.

Esta na hora de fiscalizarmos como o Governo de São Paulo gasta o nosso dinheiro no instituto.

 

 

Dia do Rock

Amigos,

Long Live Rock’n roll!

encarte do Álbum “Long live rock’n roll” do Rainbow (1978)

Coisa de alienado… ou não.

Ouvir John Lennon, Dylan, não é alienante…

Ouvir Peter Gabriel, Jon Anderson é um exercício de poesia.

Rick Wakeman, David Gilmour, são excelentes músicos e ouvi-los é sempre uma viagem.

Jimmy Page, Robert Plant, John Bonham e John Paul Jones formaram o incrível Led Zeppelin, que conforme afirmou Obama, tinha “um baterista que tocava como se sua vida dependesse disso”.

King Crimson, Pink Floyd, Rush, Rainbow, Genesis, The Who, Credence, Mamas and the Papas, Santana, Scorpions, Status Quo, David Bowie, Jethro Tull, Ramones, Wings, Stones, Focus, Jeff Beck, Joe Cocker, Hendrix, Janis…

Os brazucas  Mutantes, O Terço, Som Imaginário, Rita e o seu Tutti Frutti, Titãs, Paralamas, Legião…

E os melhores de todos os tempos, “the fab four”. Creio que o exemplo mais completo de como o talento e a criatividade eram superadas a cada gravação de um álbum. Ouvir a sequência: Rubber Soul, Revolver, Sgt Pepper’s, o Álbum Branco, Abbey Road e Let it be é o exemplo acabado da evolução como músicos e compositores.

Segue no link abaixo, “A day in the life” (do álbum Sgt Pepper’s, de 1967):

 

Erundina na Presidência da Câmara de Deputados!

Amigos,

Luiza Erundina na Presidência da Câmara de Deputados!

Que a bancada do PT, PC do B e PDT tenham juízo e votem em Luiza Erundina (PSol) para a Presidência da Câmara de Deputados.

Ao meu ver não há alternativa, não se pode admitir a votação em algum parlamentar que apoiou o golpe em Dilma.

Erundina, no lugar do nefasto Cunha!

Veja mais aqui:

http://www.revistaforum.com.br/2016/07/12/com-candidatura-na-camara-erundina-coloca-pt-contra-a-parede-nesta-quarta-feira/

 

 

 

Vai começar tudo de novo

Amigos,

Apesar da apatia geral, teremos “novas” eleições para Prefeito em Mongaguá.

Num quadro geral de desalento pela população das práticas políticas   de nossos representantes, Mongaguá deverá ter na próxima eleição um inédito conjunto de pré-candidatos à Prefeito.

Um deles deve ser o eterno Artur Parada Prócida (PSDB). O veterano político foi derrotado na última eleição (2012), no entanto ganhou a prefeitura graças a trapalhada de seu oponente na época, Paulinho Wiazowski (DEM) (que ao realizar propaganda irregular, perdeu o cargo).

Os tucanos de Mongaguá devem repetir a dobrada de 2012, isto é, Artur e Márcio Cabeça, o que não anima em nada aqueles que torcem por uma novidade no campo político.

A oposição deve ir ao pleito dividida, e coloque dividida nisso.

 

A principal candidato da oposição, ao menos por enquanto, é o vereador Jacó Neto (PP), que deve contar com Sílvio do Itaóca (PTB), como vice. Praticamente é o mesmo grupo político que atuou na campanha de Dr Pedro em 2012, contando novamente com o apoio do PT. PT, que devido a crise política desinchou, com a saída de filiados que migraram para partidos como PSDB e PSB (ambos aliados a nível estadual).

 

O DEM deverá lançar o vereador Rafael Redó ao cargo de Prefeito, com o vereador Badu (PSD) de vice. O ex-prefeito Paulinho vem apoiar a dupla, porém devido a seu afastamento da cidade nos últimos anos, é uma incógnita os dividendos eleitorais de seu apoio. Rafael Redó conta ainda com o prestígio de seu pai, e claro, de diversas pessoas pessoas da equipe da administração de Paulinho Wiazowski.

 

O vereador Renato Donato (PSB) surge também como pré-candidato, com a REDE indicando o cargo de vice. Aposta o seu sucesso em seus apoiadores nas redes sociais.  Vereador de primeiro mandato, aposta no “novo” como possibilidade de vitória.

Bem, “novo” é artigo em falta na política de Mongaguá.

Todos os candidatos tem práticas semelhantes, possuem a mesma origem. Isto é, ou são de famílias tradicionais ou são  políticos de carreira.

Não temos um candidato que tenha uma prática de tentar organizar a população.

Não temos um candidato que tenha sido em algum momento um líder comunitário, de associação de bairro, ou sindicato.

As pautas, salvo surpresas, devem ser as mesmas, isto é, bem conservadoras, Não teremos um candidato de esquerda, nem mesmo de centro. Pode-se dizer que as candidaturas num espectro “ideológico” estarão na centro-direita (PP/PTB e PSB/REDE) e na direita (PSDB e DEM/PSD).

A ausência de um grupo “à esquerda” é altamente preocupante em termos de perspectivas à classe trabalhadora e para a população mais pobre.

PSol inexiste em Mongaguá, assim como o PCB ou PCO.

O PC do B, em Mongaguá, deve-se manter na órbita do PSDB(!!!).

O PSTU, que já é bem pequeno, estraçalhou-se a nível nacional com o seu apoio ao golpe sobre Dilma. Tinha informações que lançaria candidatura própria, mas caso se concretize tal possibilidade, será uma participação simbólica, na minha avaliação.

E o PT?

Apesar dos esforços da sua direção municipal, onde a atuação do jovem presidente do partido (Fernando Felize) é uma boa surpresa, colhe os frutos dos erros de presidentes anteriores e da enorme crise política em termos nacionais. Aposta única e exclusivamente em candidatura à Câmara de Vereadores, mantendo-se na coligação montada desde a eleição passada, porém sem os mesmos problemas municipais de 2012.

Vejam que curioso: A Câmara de Mongaguá conta com quatro vereadores de oposição a atual administração, e TODOS deverão sair candidatos a cargos majoritários!

É de  se pensar não?

Dentro dessa difícil realidade, temos uma oposição que apesar das tentativas de alguns setores (entre eles o PT), fragmentou-se. O que em tese ajuda a situação (PSDB).

Sem novidades. sem alterações profundas, vamos para mais uma eleição com os mesmos nomes que rondam a política mongaguaense a pelo menos 10 anos.

Desta forma, como faremos o nosso voto?

Manteremos a atual administração? Optaremos pelo candidato de oposição com maiores chances de vitória?  Escolheremos o mais experiente? O Candidato mais ao centro? Ou aquele com verniz de “novo”, porém com as mesmas práticas passadas?

Espero que o povo, em sua sabedoria, saiba julgar.

Atualização de textos – A História do Santos FC

1935  – a campanha no Paulista:  http://prof-guilherme.capesp.org/arquivos/1195

1935 – parte I:  http://prof-guilherme.capesp.org/arquivos/1191

1934: http://prof-guilherme.capesp.org/arquivos/1165

1933: http://prof-guilherme.capesp.org/arquivos/1136

1932: http://prof-guilherme.capesp.org/arquivos/1110

1931: http://prof-guilherme.capesp.org/arquivos/1085

1930 – parte II: http://prof-guilherme.capesp.org/arquivos/1052

1930 – parte I: http://prof-guilherme.capesp.org/arquivos/1046

1929: http://prof-guilherme.capesp.org/arquivos/1033

1928: http://prof-guilherme.capesp.org/arquivos/1031

1927 – parte II:http://prof-guilherme.capesp.org/arquivos/1019

1927 parte I: http://prof-guilherme.capesp.org/arquivos/1017

1926: http://prof-guilherme.capesp.org/arquivos/1003

1925: http://prof-guilherme.capesp.org/arquivos/984

 

 

Santos FC: O Ano de 1914

Santistas de todo Mundo, uni-vos!

1914. O futebol em tempos de guerra!

Depois de largar o Campeonato da Liga Paulista de 1913 antes de seu término, o SFBC recusa o convite para disputar o Torneio de 1914.

E disputa apenas amistosos ao longo do ano, enfrentando os campeões das duas Ligas de futebol no Estado, a AA São Bento (campeão da APEA) e o SC Corinthians P (campeão da Liga Paulista).

A grande surpresa é que empatou os dois confrontos:

Continue lendo

2015 à vista…

Amigos,

Mais uma órbita elíptica realizada pelo planeta em torno do Sol se completa.

Nossa contagem arbitrária indica que chegamos ao ano de 2015, considerando o nascimento de Cristo como referência, o que já é discutível, pois cálculos indicam que Cristo teria nascido ao redor de 7 AC .

Bem, mesmo partindo de considerações onde a contagem de tempo é absurdamente arbitrária, é muito difícil ficar indiferente neste tipo de data.

A costumeira reflexão de nossas vidas é feita como se realmente os nossos planos para o  futuro começassem a ser concretizados a partir de amanhã… Será que realmente faremos isso?

De minha parte, não espero  nada de extraordinário… as alegrias serão com menor intensidade do que a alguns anos passados, e as eventuais tristezas não poderão ser mais intensas do que as já vivenciadas.

 

O ciclo dos 365 dias se fecha, mais uma vez.

E mais uma vez continuaremos a imaginar que o futuro nos será risonho, quando na verdade ele será apenas a continuação do nosso, muitas vezes, insosso cotidiano.

Apesar de um certo amargor, desejo aos meus amigos que sejam felizes em 2015…

Que a fraternidade supere a imbecilidade do egoísmo…

Que o espírito coletivo consiga manter-se vivo neste mar de individualismo onde singramos com dificuldades…

Que as novas gerações sejam melhores que as anteriores…

FELIZ 2015!

 

 

Fim de ano, Governo novo… Dilma novamente!

Amigos,

Dilma será reempossada amanhã, fruto de sua vitória eleitoral, quando enfrentou a sanha oposicionista da grande mídia que conseguiu inflar o pior Senador da república brasileira.

E Brasília receberá um grande número de militantes, que como nos anos anteriores (2003, 2007 e 2011), farão uma bela festa popular ao lado da Presidenta eleita para mais mandato.

Enquanto isso, o PIG não dará descanso… e será assim até 2018, quando perderão mais uma eleição.

Agora, distorcem as medidas de Dilma… que não mexeu em um só direito trabalhista, mas fez ajustes em benefícios, que são coisas bem distintas.

Numa época de pleno emprego, é bastante lógico alterar as regras do seguro desemprego.

Bem, o texto de Eduardo Guimarães, em seu blog da Cidadania esmiúça  o tema, vale a pena a leitura:

http://www.blogdacidadania.com.br/2014/12/a-estrategia-de-dilma-para-atravessar-2015/