Santos FC: 1924 só acaba em 1925.

“Santistas de todo mundo, uni-vos!”

Foi um ano de extrema agitação!

A principal causa foi a revolução tenentista de julho, na capital Paulista. Neste mês, tenentes do exército rebelaram-se e tomaram, momentaneamente, o Palácio do Governo do Estado. As tropas legalistas – ligadas ao Governo Federal –  em repressão ao movimento tenentista, bombardearam com a aviação a cidade de São Paulo, principalmente os bairros operários da Mooca, Ipiranga, Cambuci e Brás.

Escola paulistana com a sua frente cheia de balas… O Governo do estado da época e as forças federais bombardearam os bairros operários. Ao final da revolução de 1924, os insurgentes deixaram a capital e rumaram para o interior, juntando-se com Luis Carlos Prestes, dando origem a “Coluna Prestes”.

Continue lendo