Arquivo da tag: Brasil

De Pelé a Neymar

Amigos,

Chegamos ao fim do desafio:

Cem (100) curiosidades envolvendo o Santos, a CBF e a Copa de 2014.  Na realidade atingimos mais de 100, o que nos deixou bem contentes. E de certa forma ficamos mais ainda ao percebermos que alguns sites bebem nesta fonte (mesmo que não coloquem a referência).

Um trabalho que só foi possível com a ajuda de amigos como Walmir Gonçalves, Marcelo Fernandes e principalmente, Wesley Miranda, com suas dicas, imagens e incentivo. À todos o reconhecimento e o meu muito obrigado.

Sendo assim, vamos a mais um capítulo (e por favor, se quiserem usar, deem o crédito, ok?)

Os capítulos anteriores estão aqui:

http://prof-guilherme.capesp.org/archives/4515

http://prof-guilherme.capesp.org/archives/4542

http://prof-guilherme.capesp.org/archives/4587

Continue lendo

Brasil, 6ª economia do Mundo!

Amigos, o ano que se encerra pode mostrar ao Mundo  a arrancada brasileira (e por extensão, do BRICS) ao topo da economia Mundial.

Se os números se confirmarem, o Brasil ultrapassará a Grã-Bretanha, que a menos de 100 anos era a maior economia do Mundo, com um PIB quase 14 vezes maior que o nosso… eram tempos do Império Britânico e sua jóia, a Índia.

Projeções indicam que dentro de apenas 8 anos a economia brasileira também ultrapassará a Alemanha e França, porém será ultrapassada pela Índia. Estudiosos do tema acreditam que em 2020 as maiores economias serão EUA, China, Japão, Índia e Brasil.

Sem dúvida, o Brasil avança em ternos gerais de sua economia, e o  nosso desafio é ter uma qualidade de vida condizente com a nova posição do País. E para isso, o combate a pobreza é fundamental… esse é o compromisso da Presidenta Dilma, que encerra o ano que enorme aprovação popular.

Quer ler mais sobre o assunto?

Clique em: http://www.cartacapital.com.br/economia/brasil-sexta-economia-do-mundo/

Leia aqui também: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=172042&id_secao=2

Neymar, USP e Governo Lula/Dilma

Neymar dribla até as previsões da "imprensa"...

Amigos,

A principal notícia do mundo esportivo foi a entrevista do Presidente do Santos FC, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, anunciando a presença de Neymar no clube até 2014. Muitos “jornalistas”, muitos Jornais anunciaram durante todo ano de 2011 que Neymar estaria jogando ou no Barcelona ou no Real Madrid em 2012…

Uma “barriga” daquelas.. do tamanho do salário que Neymar receberá.

Não poderia ter ocorrido melhor desfecho… quem se guiasse pela grande imprensa deve estar se sentindo enganado, lubridiado… afinal o que ela pregava, simplesmente não aconteceu…

E Neymar só fica no Brasil por que o País esta no rumo certo… o País cresce, a renda aumenta e o dinheiro circula pela sociedade… não somos  mais colônia… exportadora até de jogadores de futebol… A presença de Neymar no SFC é a prova definitiva que o Brasil mudou.

Isso é um grande alerta… da mesma forma que a imprensa “vendeu” Neymar… a imprensa também noticia o que quer, sobre qualquer assunto…

Movimento dos estudantes na USP…  a questão do funcionalismo público paulista… o Governo Dilma… a ausência de problemas nos Governos tucanos…

Quem quiser se informar, desista da grande imprensa… até mesmo no futebol!!!!!!!

Grande, Neymar… mais um drible desconcertante!!!!!

E quem disse que futebol serve exclusivamente, como instrumento de alienação?

Leia os links:

http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/shayene-metri-ato-pacifico-globo-nao-foi-bem-isso-o-que-eu-vi.html

http://www.santistaroxo.com.br/2011/11/09/neymar-renova-com-o-santos-e-fica-no-clube-ate-a-copa-do-mundo-de-2014/

http://www.blogcidadania.com.br/2011/11/folha-estado-veja-e-televisoes-minimizam-corrupcao-em-sp/

190 milhões!

Amigos, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulga o resultado do censo de 2010.

São 190.732.694 habitantes no Brasil!

Impossível não lembrar dos “90 milhões em ação…” de 40 anos atrás.

Um aumento de 100 milhões de habitantes em 40 anos…

Ah, e a mistíca que há mais mulheres que homens no Brasil, é mais uma vez comprovada.

Para coinhecer mais números sobre o censo de 2010, vá para:

http://www.secom.gov.br/sobre-a-secom/nucleo-de-comunicacao-publica/copy_of_em-questao-1/boletim-1175-30.11/brasil-tem-190.732.694-habitantes

Os paulistas não são xenófobos

Amigos,

A xenófoba onda anti-nordestina que alguns paulistanos querem impor ao conjunto da sociedade, em absoluto representam esse Brasil generoso.

Aqui, nestas bandas foram recebidos pessoas do mundo todo… Europeus, Asiáticos, Africanos e Americanos. São recebidos pessoas de todas as crenças: budistas, xintoístas, mulçumanos, cristãos em suas diversas denominações (católicos, ortodoxos, protestantes tradicionais, pentecostais), espíritas de todos os matizes.

E por aqui também chegaram brasileiros de todas as partes.

Em grande parte das famílias há pessoas de diversas procedências.

Eu, por exemplo, nascido em São Paulo, na região da Paulista, tenho como sogro um gaúcho e sogra baiana, meu pai pernambucano e minha mãe do interior de São Paulo. Se forem considerados os meus antepassados, bem como de meus filhos, a miscigenação é ainda maior… italianos, judeus, portugueses, espanhóis, ingleses, uns holandeses de Pernambuco, índios, descendentes de escravos negros… e minhas filhas namoram descendentes de japoneses.

Um povo resultado de tamanho caldeirão cultural, como pode ser xenófobo?

Esses poucos xenófobos, de forma alguma representam o povo brasileiro ou mesmo o povo paulista.

O Povo brasileiro é generoso, amigo e tolerante.

Aqui, árabes e judeus são amigos e sentam-se próximos; católicos e protestantes conversam lado-a-lado; coreanos, japoneses e chineses convivem e se integram a sociedade. Italianos, portugueses, alemães, ucranianos, poloneses, russos, holandeses, franceses, ingleses juntaram-se com negros angolanos, nigerianos, congoleses, malêses, moçambicanos. Índios de todas as nações (guarani, tupi, xavante, caiapó…) se mesclam com bolivianos, chilenos, peruanos e paraguaios. E todos se misturam entre si… como dizem os mais jovens: “Tudo junto e misturado”.

Esse é o Brasil e São Paulo que quero e que sei que é maioria: Multi-étnico, multi-cultural, plural, democrático e tolerante.

Não serão alguns jovens de classe média (que não representam o conjunto da sociedade paulista)que farão que eu tenha vergonha do lugar onde nasci.

Não serão alguns xenófobos que farão de São Paulo um lugar de intolerância e ódio.

Não serão alguns fascistas que se passarão por representantes deste Estado ou da cidade que vivi até meus 25 anos.

Eles não são maioria… não me representam…

Viva o Nordeste, viva São Paulo, viva o Sul do País, viva a nação Guarani, viva Zumbi dos Palmares.

Viva o povo brasileiro!