Arquivo da tag: CAPESP

Participação na TV comunitária

Amigos,

Estou aproveitando para atualizar o blog…

Agora, a participação no programa de TV da FESPESP, o “Cidadania & Serviço Público”, que vai ao ar aos domingos , pela TV comunitária (sinal fechado).

Foram dois programas, ao lado de Julio Bonafonte (Assetj), Maricler (Fespesp) e José Gozze (Assetj), onde discutimos sobre precatórios, investimentos na educação, Iamspe e a criação de uma Central de Servidores Públicos.

Reunião plenária da CCM

Amigos,

Na última 3ª feira (22 de outubro) participei de mais uma plenária da CCM (Comissão Consultiva Mista) do Iamspe. Minha intervenção foi mais uma cobrança veemente dos problemas eternos da Baixada Santista, ou sejam: Convênio Médico Hospitalar, ampliação da quantidade de clínicas conveniadas e um prédio novo para o CEAMA.

Na ocasião, para tornar explícito a morosidade do Governo do Estado nestas questões, foi entregue ao diretor do DECAM (Vagner Magosso) uma pequena imagem de São Judas Tadeu, o santo das causas impossíveis…

Quem sabe, o Santo resolve os problemas com maior agilidade que o Governo do Estado…

Veja mais uma foto:

Somente São Judas (o Santo das causas impossíveis) pode dar solução aos problemas da Baixada, uma vez que o Governo do Estado de São Paulo mostra-se incapaz disso.

Reforma do HSPE

Amigos,

Ainda na 3ª feira, para encerrar o dia, participei da reunião sobre a reforma do HSPE (Hospital do servidor Público Estadual).

Numa reunião longa e cansativa (e de produção questionável), debateu-se sobre detalhes da reforma do ponto de vista funcional e pouco sobre os custos da obra.

Mas, continuaremos participando, afinal queremos uma CCM com poderes fiscais.

Na superintendência do Iamspe

Na tarde de 3ª feira, participei ao lado da mesa diretora da CCM Iamspe, da reunião com o Superintendente do Iamspe, Latif Abrão Junior.

Além das demandas gerais, foi discutido (novamente) a questão de Santos.

O superintendente  informou que foi aberto um novo edital para clínicas de laboratório de imagens na região, além do eterno impasse em relação ao convênio médico hospitalar. Informou ainda que o Hospital São José não apresentou a documentação exigida para estabelecer o convênio com o Iamspe…

Mais um ano se aproxima do final e os problemas da Baixada continuam…

Da esquerda para direita: Maria Antonia, Luis Moreno, Latif Abrão, Sylvio Micelli, Guilherme Nascimento e Luiz Danone.

Vídeo LDO (parcial)

Amigos,

Segue o vídeo (parcial) com a minha intervenção na tribuna da plenária da Câmara de Vereadores de Santos, por ocasião da audiência Pública da Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa de São Paulo. Perdeu-se o início da minha fala, mas é possível conhecer as ideias centrais daquilo que foi dito.

https://www.youtube.com/watch?v=VljEbtscmEQ&feature=youtu.be

Crédito : Douglas Nascimento

“2% para Iamspe, passou da hora!”

Defendendo os 2% para o Iamspe (fonte: http://www.al.sp.gov.br)

No dia 14 de outubro aconteceu mais uma audiência pública do Orçamento estadual para 2014, na Câmara de Vereadores de Santos.

A defesa do Iamspe, o pagamento imediato dos precatórios alimentares, investimento no Judiciário e na Educação foram temas debatidos pela Assojubs, Apampesp e Adunesp.

Mais uma vez estive presente, representando o Capesp e a Comissão Consultiva Mista do Iamspe. E assim como no anos anteriores pude defender a imediata contra partida de 2% do Governo para os cofres (exauridos) do Iamspe.

Tive a oportunidade de informar aos parlamentares e público  presente que o funcionalismo encontra-se a 25 anos sem um leito para internação na região, além das inúmeras dificuldades para marcação de exames e consultas médicas, frutos do abandono da saúde do funcionalismo pelo Governo do Estado de São Paulo.

“2% para o Iamspe, passou da hora”!

Veja matéria no site da Alesp, aqui: http://www.al.sp.gov.br/noticia/?id=338783

“É Nosso direito”! Ações coletivas do Capesp

Aproveito o espaço para divulgar aos amigos professores e funcionários públicos estaduais que o Capesp ingressou com quatro ações coletivas para a garantia de nossos direitos, a saber:

MANDADO DE SEGURANÇA Nº 1005977-40.2013.8.26.0053
MATÉRIA: URV
Impetrado objetivando a concessão da segurança para que os vencimentos dos Servidores
Públicos sejam corretamente convertidos em URV à luz da lei 8.880/94, bem como que seja
implementada a perda oportunamente apurada. O referido processo foi distribuído perante a 8ª
Vara da Fazenda Pública de São Paulo e aguarda julgamento. (atualizado em 09.10.2013)
• MANDADO DE SEGURANÇA Nº 1005982-62.2013.8.26.0053
MATÉRA: REVISÃO GERAL ANUAL – CARÁTER INDENIZATÓRIO
Impetrado objetivando a concessão da segurança em favor dos Servidores Públicos para que o
Poder Judiciário determine um índice de reajuste anual e caso entenda pela impossibilidade de
arbitrá-lo que converta a perda pleiteada em indenização em favor dos Associados. O referido
processo foi distribuído perante a 12ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo e aguarda
julgamento. (atualizado em 09.10.2013)
• MANDADO DE SEGURANÇA Nº 1005966-11.2013.8.26.0053
MATÉRA: QUINQUÊNIO
Impetrado objetivando a concessão da segurança em favor dos Servidores Públicos para que
o Poder Judiciário determine a correção da base de cálculo do adicional por tempo de serviço
denominado quinquênio, para que seja pago sobre o total dos vencimentos excetuando apenas
as verbas de caráter eventual ou transitório. O referido processo foi distribuído perante a 12ª
Vara da Fazenda Pública de São Paulo e aguarda julgamento. (atualizado em 09.10.2013)
• MANDADO DE SEGURANÇA Nº 1005971-33.2013.8.26.0053
MATÉRA: SEXTA-PARTE
Impetrado objetivando a concessão da segurança em favor dos Servidores Públicos para que
o Poder Judiciário determine a correção da base de cálculo do adicional por tempo de serviço
denominado sexta-parte, para que seja pago sobre o total dos vencimentos excetuando apenas
as verbas de caráter eventual ou transitório. O referido processo foi distribuído perante a 12ª
Vara da Fazenda Pública de São Paulo e aguarda julgamento. (atualizado em 09.10.2013)
As ações coletivas serão defendidas pelo escritório Marcatto em parceria com o Capesp.
Não fique fora dessa!

Capesp e CCM na Secretaria de Gestão.

Amigos,

O Capesp e representantes da CCM IAmspe, esteveram presentes nesta 3ª feira na Secretaria Estadual de Gestão, levando os problemas do atendimento médico na Baixada Santista.

Após um encontro de quase duas horas, saímos do gabinete do Secretario com esperanças que as demandas apresentadas possam ser solucionadass a médio prazo.

Os pontos discutidos foram:

*  os convênios médicos hospitalares na região;

* o transporte de usuários ao HSPE (ambulâncias);

* as perícias médicas

* e um imóvel para abrigar o CEAMA .

A boa notícia é que as perícias médicas para licenças de curta duração (dois ou três dias, por exemplo) não serão mais necessárias, bastanto o devido comprovante médico.

A presença dos Secretários Municipais da Cidadania e da Gestão do Município de Santos foram importantes para articular ações entre as esferas municipais e estaduais, visando a viabilização de convênios hospitalares e e disponibilidade de imóveis sob a responsabilidade municipal para abrigar o CEAMA de Santos.

Veja a matéria na íntegra, aqui: http://capesp.org.br/c/?p=305

Denunciando a privatização do Iamspe em ato no HSPE (abril/2013)

Capesp participa de debate sobre turismo em Mongaguá

O CAPESP participou nesta 2ª feira do Forum de Turismo de Mongaguá.

Estive presente e pude defender o debate e a elaboração de um plano Municipal de Turismo, como política da cidade e não como opção de uma gestão. Além disso, que o Conselho Municipal de Turismo fosse eleito pela sociedade civil de maneira livre e independente, sem os vícios dos conselhos já existentes em Mongaguá.

Veja a matéria no site do CAPESP:

http://capesp.org.br/c/?p=310

Vista interna do Centro de Lazer do Capesp, em Mongaguá