Arquivo da tag: eleições 2012 em Mongaguá

Andanças Políticas (04/10/2012)

Amigos,

A campanha eleitoral chega à sua reta final… e num clima de total indefinição!

Particularmente, e os amigos que acompanham o blog sabem disso, desde o início do ano tinha essa convicção: que as eleições de 2012 seriam imprevisíveis!

(confirme aqui: http://prof-guilherme.capesp.org/?p=3161 e aqui: http://prof-guilherme.capesp.org/?p=3341 as análises realizadas)

Pois bem, hoje 04 de outubro, ainda não temos um favorito destacado… tudo pode acontecer.

Mas, vamos tentar colocar na tela o que percebo para os próximos dias…

Em ordem alfabética:

Artur (PSDB) –  Teve sua candidatura contestada nos tribunais, foi enquadrado no ficha limpa e entrou com recurso. Conseguiu um despacho favorável (mas não definitivo) pelo MP, o que na visão de seus correligionários significa uma vitória no TSE. Na realidade ainda falta o parecer defitivo do Ministro, porém sua candidatura segue e tudo indica que realmente não haverá troca de nomes na urna. Porém, o desgaste em sua campanha foi evidente. A campanha tucana escorregou bastante e, de levemente favorita, hoje corre para obter o voto “útil” para derrotar o candidato situacionista (Paulo – DEM). A chapa de vereadores sentiu muito o desgaste e fala-se que o PSDB fará apenas 2 vereadores… e que o filho do candidato a Prefeito estaria com sérias dificuldades em emplacar seu nome entre os eleitos… mas, pesquisa, sondagem ou enquetes sobre vereadores é algo extremamente difícil de se aproximar da realidade, então qualquer prognóstico quanto a nomes, é muita especulação. Mas, há um entendimento geral que o PSDB deverá fazer apenas 2 vereadores eleitos em 7 de outubro. A coligação PDT e PC do B poderá fazer mais 2 vereadores e a coligação encabeçada pelo PV terá grandes dificuldades em eleger um único vereador.

Paulo (DEM) – Quando todos falavam que estava préviamente derrotado, eu e outros companheiros de partido afirmávamos que não…  e estávamos corrretos! Com uma rejeição recorde, na ordem de 70%, Paulinho foi aos poucos revertendo sua impopularidade… Obras como a conclusão da Plataforma de Pesca, a conclusão do Ginásio de Esportes da Vila Atlântica e o asfaltamento de inúmeras vias na periferia de Mongaguá (às custas de um endividamento de 12 milhões de reais), alavancou a candidatura do Prefeito à reeleição… chegando na véspera das eleições em condições de estreito favoritismo. Suas ações na justiça eleitoral com as tentativas de impugnação da candidatura tucana provocou reações díspares na população… os eleitores simpáticos à candidatura tucana estão entre os que preferem ver o diabo na frente e não o  Prefeito… Sua coligação deve eleger 2 ou 3 vereadores… mas, assim  como na chapa do PSDB, o irmão do prefeito também estaria com dificuldades para manter-se na câmara de vereadores… A coligação encabeçada pelo PSB pode fazer ouros 2 vereadores e a coligação em torno do PPS esta com riscos de não atingir o quociente elitoral… caso atinja,fará apenas 1 cadeira.

Pedro (PTB) – O “azarão”…. Algumas vezes sua campanha foi a “anti-campanha”, dentro do estilo introspectivo e calmo do candidato. Criticado por muitos pela não participação no debate da TV Santa Cecília, mostrou que sua estratégia tinha sido coerente… o debate foi um festival dfe “pancadarias” entre os outros candidatos e com uma troca de acusações que frustou e irritou grande parte daqueles que acompanharam pela TV.  Assim, em silêncio, em constantes caminhadas, Dr Pedro (como é conhecido) foi consolidando a “3ª via”. Sua candidatura ganhou apoio entre os sindicalizados do serviço público municipal e estadual.  A evidente falta de recursos financeiros é, por mais paradoxal que seja, sua maior aliada… esta em condições de apresentar todas as mazelas que os grandes finaciadores de campanha podem produzir numa administração… um discurso de grande impacto no eleitorado, principalmente quando conversado na base do “olho no olho”. Uma de suas bandeiras é o fato de ser o único candidato totalmente “ficha limpa”. tem o apoio do PT, que permitiu temperaturas elevadíssimas nas redes sociais… onde alguns diziam que “ainda bem que o PT esta nas eleições, do contrário o debate não teria graça”. Sua coligação deve fazer 3 cadeiras na câmara, podendo chegar a 4.

Andanças Políticas – 02/09/12

Neste final de semana o Deputado Federal Vicentinho (PT) esteve em Mongaguá.

Junto com ele, o Vice Presidente do PT Estadual, o companheiro Rafael.

Foi uma atividade animada e bem proveitosa, onde Vicentinho pode conversar e dar o seu apoio ao candidato da coligação “Mongaguá merece muito mais”, Dr Pedro (prefeito) e aos candidatos a vereador  Professor Alex e Jimmi Bastos.

Seguem algumas fotos:

Ocupando as ruas de Mongaguá

Eleições 2012 – CAPESP Mongaguá realiza debate com seus associados

No sábado, 28 de julho, o CAPESP realizou um encontro com seus associados candidatos às eleições de 2012 em Mongaguá.

Participaram do evento os candidatos Professor Alex (PT), Domênico (PSB) e Professor Marco Mountain (PSDB).

O público presente encaminhou diversas questões aos 3 candidatos que souberam mostrar suas ideias com clareza, elegância e convicção. Todos (público presente e candidatos) foram unânimes em afirmar que o encontro foi altamente positivo e que os associados tem boas opções concorrendo ao pleito eleitoral em Mongaguá.

Ao final do encontro, os candidatos assinaram um termo de compromisso endossando as propostas do CAPESP:

* Defesa e aplicação da “Lei do Piso” em nosso município;

* Defesa do ensino público de qualidade e com independência junto a gráficas, editoras e assemelhados;

* Empenho contra o Assédio Moral, promovendo o diálogo com o funcionalismo através de debates, audiências públicas e legislação específica;

* Atuação na defesa dos interesse do funcionalismo público, promovendo audiências públicas, debates e encontros por ocasião de discussão de plano de carreira, lei orçamentária e aumento salarial;

* Atuar na defesa do atendimento médico ao funcionalismo público estadual em nossa região, através de audiências públicas e encaminhamento de propostas por parte das entidades do Funcionalismo Público;

* Propor através da Câmara Municipal campanhas em defesa da saúde do Professor: saúde vocal, Síndrome de Burnout, entre outras doenças próprias da carreira;

* Valorização das Entidades Representativas de Trabalhadores, através do diálogo constante e intermediando com a administração local as reivindações específicas;

* Defesa da democratização nos diversos Conselhos Municipais em Mongaguá;

* Participação na Câmara em projetos que incentivem a divulgação da cultura local;

* Atuação em projetos de lei de incentivo às Colônias de Férias instaladas em nosso município;

* Encaminhar demandas específicas do CAPESP junto aos órgãos públicos.

Aos 3 associados do CAPESP, boa sorte!

Da esquerda para direita: Domênico (PSB), Alex (PT), Marco Mountain (PSDB) e Guilherme Nascimento (CAPESP)