Arquivo da tag: Neymar

De Pelé a Neymar

Amigos,

Chegamos ao fim do desafio:

Cem (100) curiosidades envolvendo o Santos, a CBF e a Copa de 2014.  Na realidade atingimos mais de 100, o que nos deixou bem contentes. E de certa forma ficamos mais ainda ao percebermos que alguns sites bebem nesta fonte (mesmo que não coloquem a referência).

Um trabalho que só foi possível com a ajuda de amigos como Walmir Gonçalves, Marcelo Fernandes e principalmente, Wesley Miranda, com suas dicas, imagens e incentivo. À todos o reconhecimento e o meu muito obrigado.

Sendo assim, vamos a mais um capítulo (e por favor, se quiserem usar, deem o crédito, ok?)

Os capítulos anteriores estão aqui:

http://prof-guilherme.capesp.org/archives/4515

http://prof-guilherme.capesp.org/archives/4542

http://prof-guilherme.capesp.org/archives/4587

Continue lendo

Santos FC na Copinha 2014

Santistas de todo mundo, uni-vos!

O Santos FC inicia mais uma Copinha.

Campeão em 1984 e 2013, o alvinegro defende o título e parte em busca da 3º Taça.

Participante da Copa São Paulo de Futebol Junior desde 1970, o clube de Vila Belmiro teve grandes craques disputando o tradicional torneio de início de ano. Cláudio Adão (1971), Juary (1976), Pita (1977), Cesar Sampaio e Kazuo (1986), Camanducaia (1995), Deivid (2000), Elano (2001), Robinho e Diego (2002), Ganso e Neymar (2008), são alguns nomes que surgiram em anos anteriores.

Será que surge outro como esse aí?
Será que surge outro como esse aí?

Além dos títulos de 1984 e 2013, o Santos foi 2º colocado em 2010 e 1982 e semi-finalista em 1978, 1981, 1983, 1985 e 2000

Outra tradição santista na Copinha é a revelação e/ou aproveitamento de craques do passado na lapidação de jovens talentos. Pepe, Coutinho, Del Vecchio, Lima, Abel, Narciso são alguns que colocaram suas ricas experiências pessoais ao serviço de revelar novos craques. Neste ano o responsável pelos jovens craques é o Pepinho Macia (filho do craque Pepe).

E depois de 20 anos o SFC retorna à casa, atuando novamente na Vila Belmiro na fase inicial. Nos últimos tempos, começou jogando em diversas cidades do interior como Limeira, São Carlos, Rio Claro, Leme, Jaguariúna e São José do Rio Preto.

Os adversários também fazem parte de uma  outra listagem bem interessante. Desde os tradicionais times brasileiros aos curiosos clubes do interior passando pelos mexicanos do Providência (2×0 em 1980) e os alemães do Bayern de Munique, que foi goleado na Vila Belmiro em 1985, por 4×0.

Agora em 2014 os adversários serão o Criciúma (SC), Alecrim (RN) e o Capital (DF). Tanto  o Alecrim como o Capital serão confrontos que pela 1ª vez acontecerão na Copa São Paulo. Contra o Criciúma o Santos já enfrentou em três oportunidades, e sempre com empates:  em 1990, 1×1, na Vila Belmiro; 1991, 0x0 em São Bernardo do Campo e em 1992, 0x0, novamente na Vila Belmiro.

Relembre os craques que enfrentaram o Criciúma em 1992;

Robson; Alberto, Paulo, Cerezo e Marcos Paulo; Leo, Índio e Marcelo Passos; Marquinhos (Sérgio Andrade), Whellinton (Calazans) e Romeu.

Técnico: Xaxá

Cerezo, Marcos Paulo, Marcelo Passos e Whellinton foram vice campeões brasileiros de 1995.

E este ano?

Quais serão os craques revelados?



	

Santos x Barcelona, a partida dos sonhos.

Amigos  santistas ou não,

Amanhã, o desafio dos deuses!

Santos x Barcelona;  Barcelona x Santos… o confronto do século, talvez a partida mais aguardada nos últimos 50 anos.

Quem gosta de bom futebol, escolha para quem torcer…

Santos ou Barcelona… não importa, você verá um grande espetáculo.

Não acompanhe  esta partida movido por sentimentos mesquinhos… o futebol não é isso… o futebol é uma arte… popular, sem dúvida, mas uma arte e expressão cultural de um povo.

Se você quer torcer por um ou outro, simplesmente para “tirar um barato” de seu colega de trabalho, vizinho ou cunhado, esqueça.

Vá fazer uma outra coisa amanhã pela manhã.

A partida de domingo será uma celebração, um encontro para aqueles que amam o futebol. A constelação de craques do Barcelona e dos jovens meninos da Vila. Neymar x Messi; Ganso x Iniesta; Elano x Xavi; Arouca x Puyol; Rafael x Valdés; Danilo x Daniel Alves.

Não se pode torcer contra alguém numa partida dessas… e sim, a favor de um dos dois…

Quem torcerá contra, não gosta de futebol, sinto muito… quem torcerá contra, é movido por sentimentos menores, como intolerância, inveja  e mesquinhez.

Eu torcerei pelo Santos FC, é óbvio, e compreendo aqueles que torcerão pelo Barcelona, desde que não estejam torcendo contra o Santos.

Conversando com alguns amigos, acabei lembrando de algumas passagens minhas no passado… Sempre gostei  muito de futebol, sendo frequentrador assíduo das arquibancadas do Pacaembu ou Morumbi. Em 1974, numa final da Libertadores (São Paulo x Independiente), eu estava no Pacaembu,  com a camisa do Santos, torcendo pelo São Paulo, afinal o maestro do meio de campo do tricolor era Pedro Rocha, um Craque com “C” maiúsculo… Em 79, novamente no Pacembu, para acompanhar Ponte Preta x Portuguesa (com outras 30.000 pessoas), o motivo? A Ponte era o melhor elenco de São Paulo na época…. em 83/84, sorria satisfeito com as vitórias de Sócrates e da democracia corinthiana.

Claro que existe a rivalidade, ela é saudável,  mas não pode cegar…

Gosto de um estilo de jogo, e por isso escolhi o Santos para torcer… mas, quando um outro time apresenta um padrão ofensivo, bonito ou quando surge um craque de qualidade únicas, tenho que respeitar e admirar. Não me incomodo em dizer que sempre achei Sócrates, Falcão, Rocha, Gerson, Denner como exemplos de grandes jogadores que deveriam ter atuado no Santos FC.

Então, meus amigos, amanhã em Yokohama, o maior espetáculo da Terra será visto por mais de 2 bilhões de pessoas.

Mais uma vez, os habitantes desse pequeno ponto azul no Universo irão parar por causa de uma bola e 22 atletas num gramado.

Vão parar para ver Neymar e Messi.

Que vença o melhor!

Vamos ser Tri, Santos!!!!!

Centenário em grande estilo

Amigos santistas ou nâo,

O centenário santista começou…

Hoje no início da tarde, a direção santista divulgou o slogan do centenário: “Meninos para sempre”

E para dar a divulgação do evento uma mesa que apenas o SFC poderia apresentar: Pelé, Neymar, Ganso e Falcão.

Os 4 meninos esbanjaram simpatia, entusiasmo e amor ao alvinegro.  E ficou no ar a possibilidade dos 4 entrarem em campo,  juntos para uma exibição de futebol…. já imaginaram?

Bom, imagens muitas vezes valem mais que palavras… portanto, seguem algumas fotos do evento:

Falcão, Pelé e Luis Álvaro
Pelé, Falcão e os futuros "Meninos da Vila"
Neymar cumprimenta Pelé ao chegar no Memorial das conquistas.
Falcão, Pelé, Neymar e os futuros "Meninos da Vila"
PH Ganso, Falcão, Pelé e Neymar... dá para imaginar os quatro juntos num campo ou quadra?
Guilherme Nascimento e Pelé

Neymar, USP e Governo Lula/Dilma

Neymar dribla até as previsões da "imprensa"...

Amigos,

A principal notícia do mundo esportivo foi a entrevista do Presidente do Santos FC, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, anunciando a presença de Neymar no clube até 2014. Muitos “jornalistas”, muitos Jornais anunciaram durante todo ano de 2011 que Neymar estaria jogando ou no Barcelona ou no Real Madrid em 2012…

Uma “barriga” daquelas.. do tamanho do salário que Neymar receberá.

Não poderia ter ocorrido melhor desfecho… quem se guiasse pela grande imprensa deve estar se sentindo enganado, lubridiado… afinal o que ela pregava, simplesmente não aconteceu…

E Neymar só fica no Brasil por que o País esta no rumo certo… o País cresce, a renda aumenta e o dinheiro circula pela sociedade… não somos  mais colônia… exportadora até de jogadores de futebol… A presença de Neymar no SFC é a prova definitiva que o Brasil mudou.

Isso é um grande alerta… da mesma forma que a imprensa “vendeu” Neymar… a imprensa também noticia o que quer, sobre qualquer assunto…

Movimento dos estudantes na USP…  a questão do funcionalismo público paulista… o Governo Dilma… a ausência de problemas nos Governos tucanos…

Quem quiser se informar, desista da grande imprensa… até mesmo no futebol!!!!!!!

Grande, Neymar… mais um drible desconcertante!!!!!

E quem disse que futebol serve exclusivamente, como instrumento de alienação?

Leia os links:

http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/shayene-metri-ato-pacifico-globo-nao-foi-bem-isso-o-que-eu-vi.html

http://www.santistaroxo.com.br/2011/11/09/neymar-renova-com-o-santos-e-fica-no-clube-ate-a-copa-do-mundo-de-2014/

http://www.blogcidadania.com.br/2011/11/folha-estado-veja-e-televisoes-minimizam-corrupcao-em-sp/

Ode à alegria!!!!

Amigos santistas (ou não),

Ontem estive presente no Pacaembu, e vi a maior conquista que um clube sul americano pode alcançar: o Título da Libertadores da América!

A última vez que estive presente numa decisão foi  em 1979, quando  o SFC derrubou o São Paulo, na 1ª partida da melhor de 3 do Campeonato Paulista de 1978. Antes disso, fui testemunha do erro aritmético de Armando Marques na final de 73. Outras decisões só pela TV…

Cheguei cedo ao Pacaembu, e às 19:30 já estava no interior do próprio da Municipalidade…

Os cheiros são os mais variados… fora do estádio e dentro… odor forte de uréia em alguns pontos; nas rodas de torcedores o odor é alcoólico…próximo de alguns grupos o odor é de… bom, deixa pra lá…

Sigo em frente… um “dogão” com guaraná de janta, e longas duas horas de espera…

Aos poucos, o mar branco tomava conta do Estádio… famílias inteiras formavam a multidão… ao meu lado, um grupo de umas 12 pessoas onde irmãos, pai, avô, vizinhos e amigos empurravam o time aos gritos… Do meu lado esquerdo, um casal e seu filho, um menino de uns 12 anos, que acompanhou a partida toda com um ritual: segurava com a as duas mãos um boneco do “baleião” virado em direção ao campo… como se “baleião” fosse um crucifixo  para espantar e amedrontar vampiros ou espíritos do mal…

20:00 - O mar branco começava a ser formado

O tempo ia passando e era cada vez maior a confiança entre os torcedores…  um circula feliz pelas  arquibancadas, proferindo inúmeros palavrões contra corintianos imaginários presentes no Pacaembu… uma outra família se concentra um pouco mais acima de meu lugar, são mais uns 8 a 10 santistas, com sinalizadores, apitos e outros apetrechos…

Uma breve agitação: é o “Papito” que chegava no setor das numeradas… O Senador Suplicy (PT-SP) mais uma vez se faz presente…os torcedores se alegram com a presença do Senador… uns por identificação, outros para provocar a opção partidária do Senador… Suplicy acena para os torcedores, sendo muito aplaudido . O clima é de total descontração.

Essa foto não é de ontem, mas o Senador estava no mesmo setor… (imagem: viomundo.com.br)

Depois das 21:00 o clima esquenta com a ensurdecedora queima de rojões…. o Pacaembu  fica coberto de fumaça e o cheiro de pólvora se espalha no ar…

Começa a queima dos sinalizadores e o Pacaembu torna-se um imenso caldeirão… impossível não entrar no clima.

E o Santos ainda não havia entrado em campo...

Entram os times, o septuagenário estádio treme… times perfilados e a massa canta o Hino Nacional… As faixas plásticas distribuídas previamente, são estendidas… o espetáculo é muito bonito.

A partida começa e o bandeirão é estendido nas arquibancadas… muito bonito de se ver… de longe…. Em seguida, os torcedores já o recolhem, afinal todos querem ver e celebrar a alegria da conquista de um título.

O início da partida bota fogo na torcida… em menos de 10 minutos duas oportunidades não aproveitadas…  depois, o jogo fica muito truncado…  Arouca não acertava os passes, Ganso parecia meio desligado em algumas jogadas, Léo e Danilo também erravam alguns passes… e a bola não chegava ao ataque… mesmo assim, o Peixe teve mais chances de gol… uma cobrança de falta de Elano (que jogou bem) e um chute de Leo no final do 1º tempo que (do meu angulo) riscou a trave. Da parte do Peñarol, apenas uma jogada de ataque , quando de repente 3 atacantes ficaram sozinhos na pequena área, mas Rafael teve tranquilidade para fazer a defesa.

Veio o 2º tempo… e com ele a alegria!

Logo no início, um rápido contra golpe e Arouca se redime do primeiro tempo apagado e faz um jogada de craque… passa por meio time uruguaio, lança Ganso, que devolve de calcanhar… Arouca avança e toca na esquerda para Neymar……. GOL!!!!!

Foto um tanto tremida... o Santos tinha acabado de marcar o 1º gol!!!!

O mar branco se abriu num imenso sorriso!

Um sorriso de alívio e de certeza: o tricampeonato estava próximo…

Mais 20 minutos, e a alegria toma conta do Pacaembu. Danilo, com uma tranquilidade impressionante, corta o lateral carbonero com facilidade e bate colocado à sua esquerda… GOL!

A bola já esta no centro do Campo... os santistas ainda festejam o 2º gol

A partir deste instante a festa toma conta… a torcida faz “ola”, sinalizadores e mais sinalizadores estão sendo queimados… cantos, gritos… tanto o Hino do Santos FC, como a marcha “Leão do Mar”, são cantados a plenos pulmões…

O gol contra de Durval dá uma pitada de angústia… Neymar, Zé Eduardo  e  Ganso perdem gols incríveis, inacreditáveis… mas, o mar branco ri, pula, dança nas arquibancadas, nas numeradas, no tobogã…

O futebol estava em festa… o melhor time da América Latina vai conquistar o campeonato.

O Peñarol vai para o tudo ou nada… metade do mar branco canta, outra metade quer o apito final… 3 minutos infindáveis…

Até que a partida termina!

Campeão!!!!!

Inexplicavelmente, uma briga generalizada em campo… apenas hoje, fiquei sabendo o motivo: o filho de um conselheiro entrou em campo (onde só deveriam estar os atletas)… houve um bate-boca e a confusão toda… Foi a única nota desagradável!!!! Que a direção do SFC puna os causadores desse desatino… punição para quem entrou e para quem deixou entrar…

(Em tempo: Segundo o blog do Perrone, o intruso é filho do Vice-Presidente do TJD-FPF… se o mesmo tiver alguma ligação com o SFC, que a direção do clube tome as devidas providências, caso não tenha, que o mesmo seja impedido de frequentar as praças esportivas e que se retrate publicamente, isentando o clube de tão deprimente imagem)

Terminado o momento de incivilidade, a festa recomeçou… em grande estilo, ou melhor em enorme estilo…

Os jogadores pulavam em campo…

O sistema de som do Pacaembu começa a tocar “Ode à alegria” de Beethoven… sim meus amigos,  Beethoven!!!

Beethoven, o gênio!

Beethoven, o Pelé da Música!!!

Em campo Pelé,

Pelé, o gênio!

Pelé, o Beethoven do futebol…

A massa grita: Pelé!!!!…  Pelé!!!!!

Impossível não voltar no tempo e lembrar as tardes de domingo de minha infância e adolescência, quando eu fazia esse coro nas arquibancadas…

Pelé acena para o mar branco… Neymar pula como um adolescente de 19 anos que é… Edu Dracena exibe a Taça … é a perfeita coreografia do “Ode à alegria”.

Nunca imaginei que viria uma reunião de gênios como essa trinca: Pelé, Beethovem e Neymar.

Santos FC, tricampeão da Libertadores!!!!!!!

E para ficar para a eternidade, as imagens produzidas pelo Wesley (http://www.santistasloucos.net/2011/06/santos-2-x-1-penarol-tri-campeao-da.html).

Parabéns, Wesley!

http://www.youtube.com/watch?v=3LAZigG_MRo