Arquivo da tag: TV

O debate de ontem na Globo

Amigos,

Vi o debate na Globo, ontem.

Chato.

Amarrado, preso, ensaiado. Discurso de horário eleitoral.

Mesmo assim, foi possível perceber algumas boas diferenças entre as duas candidaturas.

Com o equilíbrio previsível, Dilma sai-se bem em vários momentos. Ao falar sobre o Bolsa-Família, deu uma resposta fulminante: “Quem cuida de pobre em São Paulo, é o Governo Federal”. Também foi bem ao falar sobre Educação – professor não se trata a cassetetes – e sobre incentivos ao pequeno e médio empreendedor.

Serra foi o discurso da sáude, porém muito superficial… bom ator, tentava passar segurança, em alguns momentos conseguiu. Mas, não passou conteúdo. Mesmo falando para indecisos, manteve o costume de quando lhe perguntam sobre um assunto, ele desvia para outro. Fez isso quando perguntado sobre política social e na questão sobre como aliviar a folha de pagamento de uma pequena empresa.

Um momento interessante do debate ocorreu quando houve um pequeno problema com o cronômetro, durante a intervenção de Dilma. O apresentador, William Bonner, chegou a pedir desculpas à candidata. Dilma, elegante e desconcertantemente disse que não fora prejudicada pelo apresentador, e sim pelo relógio, demonstrando presença de espírito e bom humor.

No final, o nítido favorecimento à Serra devido ao enquadramento de imagens feito pela Globo. Close em Serra… em Dilma, plano geral.

Porém, enquadramentos não vencem debates, muito menos eleições.

Mais 24 horas e teremos o início da votação. A margem de possibilidades de alguma virada é cada vez mais escassa.

A campanha mais suja que acompanhei esta terminando.

Esperamos que não haja nenhuma armação de última hora.

O debate na Record

Amigos,

Ontem houve mais um debate entre os candidatos à Presidente.

Dilma, Serra, Marina e Plínio presentes (quando farão um debate entre Zé Maria, Rui Pimenta, Ivan Pinheiro, Eymael e o  Levi Fidélix?).

Debate na TV é sempre algo um tanto parecido, geralmente travado…

Pelo que vi e li considero que Serra teve o pior desempenho. Sua participação final pedindo mais um voto é típico de quem sabe que não tem voto mais… que está próximo do teto e pede um  milagre aos seus insuficientes eleitores. Perdido no debate e com “cara de derrotado”, a sua afirmação que energia solar é recurso não renovável foi de uma infelicidade total… uma trapalhada daquelas que demonstram como o candidato está inseguro e nervoso, sendo capaz de um deslize tão primário. Serra é um candidato que está em frangalhos, fruto de sua “descampanha” errática  e sua incrível capacidade de demonstrar arrogância.

Plínio foi o “bom” velhinho… como comentei com uma amiga, parece aquele avô ou tio idoso que a gente ouve, respeita, pede conselhos e no final não segue o que ele diz… poderia ter nocauteado Serra na questão da educação… jabeou (como se diz no boxe) mas não deu um cruzado no queixo… firme na questão do papel da imprensa e soube levar com bom humor quando pediram para que concluísse sua fala. A sua fragilidade física  não é desapercebida, assim como seu papel de franco atirador… se compararmos com o futebol, lembra o Juventus (clube paulistano do bairro da Moóca), muito simpático e com poucos torcedores (e que de vez em quando até lota a Rua Javari).

Marina, aos meus olhos estava desenvolta e melhor que nos debates anteriores (principalmente em relação ao debate da rede TV). Teve bons momentos, porém parecia que estava conversando na Vila Madalena… deu uma excelente resposta à Serra nas questões das drogas, porém não conseguiu (ou não soube) reagir a resposta de Dilma sobre irregularidades no Ministério do Meio Ambiente, assim como da enquadrada que levou de Plínio… Acho que tira mais votos de Serra do que de Dilma e deve crescer entre os indecisos. Ela está num bom momento, vitaminada pela subida de intenção de votos no RJ, DF e AM, onde já superou Serra. Cumpriu o que se esperava dela neste momento…

Dilma esteve bem (também dentro do que se podia esperar) e como sempre apresentou-se como a candidata da continuação das mudanças ocorridas com o Governo Lula… escapou das “cascas de banana” deixadas pelos adversários, porém tensa e rígida… sua melhor performance foi quando duelou com Marina na questão de casos de corrupção. Parece que precisa ser provocada para melhorar seu desempenho. Poderia sorrir mais, afinal estamos vendo um debate pela TV, e não pelo rádio, e imagem é importante…  No geral adotou a tática de “fechar na defesa”  e “contra-atacar na certeza”…aguentou os “12 rounds” sem sentir nenhum golpe de maior contundência. Logo, não perdeu… e não perder nessa altura do campeonato tem o mesmo significado de ganhar…

Ainda tem o debate na Globo…

A tensão aumenta a cada dia…

É aguardar e torcer.

Tá nervoso? Vai pescar…

Serra poderia pescar no Jardim Romano. A foto acima foi tirada no local. fonte: http://grupobeatrice.blogspot.com

Amigos,

A “descampanha” de Serra segue ladeira abaixo (ou serra abaixo, como queiram). Ontem o candidato tucano teve um ataque de nervos num programa de TV.

Ao ser perguntado por Márcia Peltier, na CNT, sobre as pesquisas eleitorais e os supostos vazamentos de dados de sua filha na Receita Federal, Serra saiu-se com essa: “Não vou dar essa entrevista, vocês me desculpem”, em seguida, levantou-se e tirando o microfone foi saindo do estúdio de gravação!

Inacreditável!  Para quem outro dia colocava-se como um baluarte da defesa da livre imprensa, uma mudança e tanto…

Um pouco depois, mais calmo, Serra voltou à gravação… sua assessoria divulgou nota dizendo que tinha sido uma indisposição estomacal a causa da repentina atitude do candidato, devido aos inúmeros compromissos.

Então, tá..

Veja matéria completa no Terra:

http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/noticias/0,,OI4679411-EI15315,00-Serra+se+irrita+e+ameaca+deixar+entrevista+em+programa+de+TV.html